Em recordação de D. Javier Echevarría

Desde o dia 12 de dezembro têm sido recebidas neste site e na sede central do Opus Dei, milhares de mensagens de pesar pelo falecimento de D. Javier Echevarría. Apresentamos, por ordem alfabética, uma pequena amostra dessas manifestações de agradecimento, oração e proximidade. Oferecemos também um resumo em vídeo da Missa em sufrágio pela sua alma.

Do Prelado

Cardeal Angelo Amato, (Perfeito) e toda a Congregação das Causas dos Santos
Ao tomar conhecimento da notícia e recordando o seu generoso serviço episcopal e a sua cooperação generosa com este dicastério, como consultor e membro, em nome dos funcionários da congregação: invocamos o Senhor Jesus para que acolha o seu servo fiel na paz do reino celeste, em comunhão com os santos e beatos.

Bishop Philip Anyolo, presidente da Conferência de Bispos católicos do Quénia
Como Bispos, conhecemos o Bispo Echevarría como um grande pastor e um fiel servidor da Igreja. Apreciamos a sua fé, fidelidade, compromisso e a sua grande contribuição para a santidade da Igreja em todo o mundo.

Kiko Argüello, iniciador do Caminho Neocatecumenal
O prelado vai encontrar-se com Carmen [co-iniciadora do Caminho Neocatecumenal] no Céu e daí vai interceder pela Obra em todo o mundo, para que continue a ser fiel ao carisma que recebeu de Deus em benefício de toda a Igreja e para a sua maior glória

O vigário do Papa para a diocese de Roma, o cardeal Agostino Vallini foi um dos primeiros a rezar na igreja de Santa Maria da Paz.D. Bernardito Auza, observador permanente da Santa Sé junto das Nações Unidas
Rogo para que a sua grande e contagiosa fome de santidade, que caraterizou toda a sua vida, se sacie agora na presença de Deus, da Virgem — que tanto amou — de S. Josemaria, do Beato Álvaro e dos homens e mulheres, jovens e idosos, que foram ajudados a viver o chamamento universal à santidade através do carisma dado a S. Josemaría, aos seus sucessores e aos seus filhos e filhas espirituais.

D. Miguel Ángel Ayuso, Secretário do Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso
Para ti Morada Santa! Com sentido agradecimento a Deus pelo dom do prelado à Igreja universal.

Cardeal Lorenzo Baldiserri, Secretário geral do Sínodo dos Bispos
Juntamente com a secretaria geral do Sínodo dos Bispos expressamos os nossos pêsames pelo falecimento do prelado, assegurando orações pela sua alma e para consolar os membros da Prelatura pessoal. Recordamos a sua participação ativa nas assembleias sinodais.

D. Virgil Bercea, Bispo de Oradea (Roménia)
D. Javier Echevarría apoiou muito a nossa Igreja, ajudando-nos na formação dos seminaristas, hoje sacerdotes, e ficava sempre contente de nos encontrarmos e de falar connosco.

Uxue Barkos, Presidente do governo de Navarra (Espanha)
Quero manifestar o meu profundo pesar pelo falecimento do Bispo prelado do Opus Dei, que tão vinculado esteve a esta comunidade com as suas visitas como Chanceler da Universidade de Navarra. Descanse em paz.

Cardeal Giuseppe Bertello, Presidente da Comissão Pontifícia para o Estado da Cidade do Vaticano
Acompanho-vos com a amizade e com a oração em sufrágio do venerado prelado. Recordarei sempre, com agradecimento, o seu exemplo de dedicação ao Senhor e de amor e fidelidade à Igreja.

Cardeal Ricardo Blázquez, Presidente da Conferência Episcopal Espanhola
Transmito os meus pêsames e o dos senhores Bispos membros da Conferência Episcopal Espanhola, que rogo torne extensivos a todos os membros da Prelatura. Oferecemos ao Senhor as nossas orações pelo eterno descanso de S.E.R. D. Javier Echevarría. Ele premiará os seus grandes desvelos e trabalhos pela Igreja.

D. Julián Carrón, presidente de Comunhão e Libertação (no Osservatore Romano)
D. Julián Carrón e toda a Comunhão e Libertação participam na dor da grande família do Opus Dei pela ida para o Céu do queridíssimo D. Javier Echevarría. Agradecidos pelo seu testemunho de uma vida unida a Cristo, totalmente identificada com Ele e oferecida para colaborar na obra de Deus no mundo, pedimos a S. Josemaría e a D. Giussani que intercedam diante da Virgem de Guadalupe para que se cumpra o seu destino como homem no abraço da Misericórdia, para que continue a acompanhar aqueles que o tiveram como pai na fé, chamados a ser como ele portadores da misericórdia seguindo o caminho marcado pelo Papa Francisco, que D. Javier Echevarría tanto amava.

Cardeal Edward Cassidy, Presidente emérito do Pontifício Conselho para a promoção da Unidade dos Cristãos
Conheci muito de perto o prelado e guardo a sua amizade como um tesouro. Que descanse agora em paz com o Senhor, a Quem tão bem amou e serviu.

Antonio Coscullela, Presidente da Câmara de Barbastro (Espanha)
As minhas condolências vão unidas ao reconhecimento e gratidão pelo carinho que D. Javier sempre manifestou a esta cidade e às suas gentes, em todas as ocasiões que nos visitou.

Riccardo Di Segni, rabino chefe da sinagoga de Roma.

Comunidade hebraica de Roma
A Comunidade hebraica de Roma une-se aos pêsames pelo falecimento do Bispo Javier Echevarría. O rabino chefe Riccardo Di Segni, e a presidente da Comunidade, Ruth Dureghello, enviam as mais sentidas condolências ao Opus Dei por esta triste perda.

Congresso Judeu Latino-americano
Que a sua obra seja recordada com ações de bem. Bendita seja a sua memória.

D. Guerino De Tora, Bispo auxiliar de Roma
Agradeço ao Senhor o exemplo do Padre, expresso toda a minha dor e pêsames.

Georges El Khoury, Embaixador do Líbano junto da Santa Sé
O seu nome ficará gravado na memória da Igreja e da posteridade como um grande artífice da paz e das boas obras a favor da família, dos marginalizados e das pessoas desfavorecidas.

Zion Evrony, ex-embaixador de Israel junto da Santa Sé
Era um homem de bom coração e sabedoria. Acolheu-nos sempre com calor e amizade no centro do Opus Dei e nós estávamos felizes de o receber em nossa casa.

S.M. Felipe VI, Rei de Espanha
Ao receber, com grande tristeza, a notícia do falecimento de D. Javier Echevarría, que tanto senti, envio os meus mais sinceros pêsames, que desejo tornar extensivos aos seus familiares e membros da Prelatura. Nestes difíceis momentos, junto com a Rainha, elevamos as nossas orações pelo eterno descanso da sua alma.

Jesús Fonseca, jornalista
Era uma dessas pessoas hábeis para se colar à vida dos outros e ficar junto do seu coração. Demonstrou-me a sua amizade com juros. Com pormenores desses que só os verdadeiros amigos têm e que nunca se esquecem. Como aquela Missa que quis celebrar por sua vontade, após a morte da minha adorada Esther e cuja homilia — longa e muito sentida — lhe dedicou, com palavras substanciais, profundas e de consolo que me acompanharão por toda a vida. Sozinhos, ele e eu, naquela cripta romana onde agora repousam os seus restos mortais, junto de dois amigos. Ninguém mais.

"Recordarei sempre a sua proximidade e as suas palavras com que me animava a levar para Deus as minhas Irmãs Servas de Jesus." (Irmã María Soledad, do Instituto Servas de Jesus).

Irmã María Soledad García, Superiora Geral do Instituto Servas de Jesus
Dou graças a Deus pelos homens tão santos que dirigiram a prelatura do Opus Dei. Servidora, tive a dita e a honra de me comunicar durante anos com D. Javier. Recordarei sempre a sua proximidade e as suas palavras com que me animava a levar para Deus as minhas Irmãs Servas de Jesus.

M. Azucena García Sánchez, religiosa da Ordem das Carmelitas Descalças
Tenho a certeza de que ficará perto para interceder por todos diante de Deus e velar, juntamente com S. Josemaría e D. Álvaro, por todos os seus filhos e filhas da Obra, promovendo igualmente a sua expansão evangelizadora como fermento de um mundo melhor.

Reverenda M. Marta Garro Pérez, Superiora Geral do Instituto Religioso das Filhas da Divina Providência
Ele precedeu-nos e temos consciência de que as nossas preces são de ida e volta, pois D. Javier Echevarría intercederá no Céu por todos aqueles que pessoalmente, ou através dos membros do Opus Dei, o conhecemos e bebemos dos seus ensinamentos.

Religiosas a rezar junto de D. Javier Echevarría

Paloma Gómez Borrero, jornalista
Foi com grande tristeza que recebi a notícia do falecimento do nosso querido D. Javier, ainda que, como quando S. João Paulo II nos deixou, D. Javier Echevarría "tenha ido para a Casa do Pai". Unia-me ao prelado um sincero e filial carinho; só posso dizer à grande família do Opus Dei que partilho a sua dor, embora agora saibamos que o temos no Céu.

Emilia Guarnieri, Presidente da Fundação Meeting [de Rimini]
Recordamos com um agradecimento sincero os encontros com D. Javier Echevarría e a sua participação no Meeting de 2014. Unimo-nos à dor e à oração daqueles que o tiveram como pai e guia. Estamos agradecidos por o ter podido conhecer e escutar: fomos edificados e animados pela sua forte ânsia missionária e a sua paternal e acolhedora cordialidade.

Soror Ana María Kalathil, priora del Mosteiro de Santa Isabel (Agostinhas Recoletas), Madrid
Desejamos enviar a todos os membros da prelatura o nosso sentimento de dor e de pesar. Que a Virgem Maria o acompanhe ao Reino reservado aos que foram fiéis à missão que Deus lhes confiou.

Soror Vega María López, O.A.R., Prioresa do Mosteiro de Sta. María Magdalena (Agustinhas Recoletas), Baeza
D. Javier Echevarría já se encontra no lugar que desejava para si e para todos os seus filhos. Ele confiava nas orações das monjas e, como por um pai, pedimos mais intensamente que possa gozar da glória que já possuem S. Josemaría e o Beato Álvaro.

Madre Julia de la Madre de Dios, I.C.D., Prioresa do Convento de S. José de Ávila (Carmelitas Descalças)
Rezamos por todos os membros da Obra para que este golpe, que não deixa de ser duro embora tenha deixado o sentimento de paz de uma vida santa, seja motivo de fidelidade, de renovação interior, de maior união com Deus. Guardamos uma grata recordação da sua visita.

D. Juan José Omella, Arcebispo de Barcelona
Uno-me à dor de toda a família do Opus Dei pela perda de D. Javier Echevarría. Rezo pelo seu eterno descanso. Que o Senhor lhe conceda o prémio reservado aos bons pastores da Sua Igreja.

Card. Sean Patrick O’Malley, arcebispo de Boston.Cardeal Sean Patrick O’Malley, O.F.M., Arcebispo de Boston
Temos uma presença grande do Opus Dei na Arquidiocese de Boston, onde realizam um trabalho importante, particularmente com os estudantes universitários, assim como na Escola Montrose e na casa de retiros Arnold Hall em Pembroke. Quis estar em Santa Maria da Paz para expressar as minhas condolências e assegurar-lhes as minhas orações durante este tempo de transição.

Cardeal Carlos Osoro, Arcebispo de Madrid
Agradeço ao Senhor estes anos de trabalho e de serviço à Igreja que prestou [D. Javier Echevarría] através da Obra, bem como a sua amizade e a proximidade que me demonstrou nas visitas que realizou às dioceses onde estive, e nos diversos encontros que pude ter com ele. Em nome da Arquidiocese de Madrid, a todos os que fazeis parte do Opus Dei, ofereço a oração pelo descanso eterno do prelado […] e, com todos vós, agradecemos o que D. Javier, com o seu trabalho intenso, sereno, discreto e firme, ofereceu à Igreja.

Cardeal Marc Ouellet, Perfeito da Congregação dos Bispos
Em nome de toda a Congregação, desejo expressar os sentimentos de pêsames, assegurando orações em sufrágio do querido Bispo, enquanto recordamos com agradecimento o seu serviço fiel à Igreja.

D. Paolo Pezzi, Arcebispo Metropolita da Arquidiocese da Mãe de Deus (Moscovo)
A notícia encheu o meu coração da segurança de que se completou uma vida vivida para Deus e em serviço à sua Igreja.

Virginia Raggi, Presidente da Câmara de Roma
Unimo-nos à dor pelo falecimento de D. Javier Echevarría para recordar o seu exemplo de vida sacerdotal e para aprender do seu serviço de amor à Igreja.

Andrea Riccardi, Fundador da Comunidade de Sant’Egidio
D. Javier Echevarría conduziu a Obra seguindo o sulco da tradição do seu fundador, procurou novas linguagens para chegar às pessoas desorientadas do nosso tempo e propôs de novo a todos um caminho de santidade na vida laical.

P. Eduardo Robles Gil, L.C., Diretor Geral dos Legionários de Cristo
Confiamos que a Divina Misericórdia permitiu a D. Javier Echevarría experimentar o que S. Josemaria dizia: “A morte é uma porta que se nos abre ao Amor, ao Amor com maiúscula, à felicidade, ao descanso, à alegria”. Agradecemos ao Senhor por tantas bênçãos que deu à Igreja através do seu ministério e serviço de bom pai para os fiéis da prelatura.

Cardeal José Francisco Robles Ortega, Presidente da Conferência do Episcopado Mexicano
Queremos expressar o nosso acompanhamento pele passagem para a vida eterna de D. Javier Echevarría. Estamos seguros de que o serviço evangélico desta Obra continuará a crescer e a consolidar a sua participação na Igreja, a favor do mundo.

Cardeal Franc Rodé, Perfeito emérito da Congregação para os Institutos de vida consagrada e as Sociedades de vida apostólica
Tomou a decisão de abrir uma nova frente de apostolado e de presença do Opus Dei na Eslovénia, que se revela já como uma bênção para a Nossa Igreja e promessa de um futuro rico em frutos espirituais para o nosso povo.

Sergio Rodríguez López-Ros, Diretor do Instituto Cervantes de Roma
Conservo na minha memória a sua afabilidade de caráter, a sua agudeza intelectual e o seu zelo evangelizador. Guardo como preciosa recordação o meu último encontro com ele, por ocasião do recente consistório cardinalício, quando pude comprovar a sua caridade pastoral para com o pessoal que naquela noite servia o jantar, interessando-se pelo seu trabalho e pelas suas famílias.

Cardeal Camillo Ruini
Participo com todo o coração no pesar pela morte do prelado D. Javier Echevarría e uno-me à vossa oração por ele e por toda a prelatura.

Cardeal Leonardo Sandri, Perfeito da Congregação para as Igrejas Orientais
Confio-o ao Senhor Ressuscitado com uma recordação especial na celebração do Divino Sacrificio, e elevo a oração de intercessão à Virgem de Guadalupe, a S. Josemaría e ao Beato Álvaro del Portillo.

Alfonso Sánchez Tabernero, Reitor da Universidade de Navarra
Com o carinho imenso de toda a Universidade de Navarra ao nosso querido Grande Chanceler, que a partir de agora nos ajuda do Céu.

José San José Prisco, Reitor do Pontifício Colégio Espanhol de Roma
Contem com as nossas súplicas para que Deus o premeie com tanto serviço e dedicação à missão da Igreja a partir da Prelatura.

Abadessa do Convento de Santa Clara (Clarissas) de Borja
Comunicaram-nos o falecimento: A Páscoa com o Ressuscitado! Para vós será muito duro sem a sua presença, bondade e fortaleza; mas a partir do seio de Deus vos ajudará juntamente com S. Josemaría e o Beato Álvaro del Portillo. Rezamos.

Filhas de Santa Maria do Coração de Jesus
Unidas à nossa Madre Fundadora, Madre Maria de Jesus, agradecemos-lhe a sua entrega, carinho e oração. Confiamo-nos à sua intercessão.

Cardeal Angelo Scola, Arcebispo de Milão
Seguindo os passos de S. Josemaría e do Beato Álvaro, guiou a Obra com direção clara, com um olhar inteligente aos sinais dos tempos e com prudência criativa. Dou graças ao Senhor pela relação que tivemos todos estes anos, e através da sua pessoa, com toda a Obra.

Soror Teodora, O.C.D., Mosteiro de S. José (Carmelitas Descalças), Bari (Itália)
O Santo Menino quis acolher no Céu o inolvidável Padre Echevarría, para he dar a recompensa merecida ao servo fiel e valente. Contempla agora o que na sua vida testemunhou com o seu exemplo e a sua fé.

D. Fausto Trávez, OFM, Acebispo de Quito e Presidente da Conferência Episcopal Equatoriana
Os Bispos do Equador desejamos manifestar o nosso profundo pesar por tão irreparável perda; fazemos chegar as nossas orações à família do Opus Dei no Equador, e de modo especial ao vigário auxiliar, Mons. Fernando Ocáriz, e ao vigário geral, Mons. Mariano Fazio. Com a certeza de que D. Javier Echevarría goza já da eternidade junto de S. Josemaría e de Dom Álvaro del Portillo.

D. José Domingo Ulloa Medieta, O.S.A., Presidente da Conferência Episcopal do Panamá
A Igreja Católica no Panamá quer manifestar a todos os membros da prelatura a sua solidariedade nestes momentos de dor e animá-los na esperança da nossa fé de que a morte é um passo necessário para gozar da Glória Eterna.

D. Rosario Vella, S.D.B., Bispo de Ambanja (Madagascar)
Tive a alegría e a graça de o conhecer pessoalmente no Sínodo para a Nova Evangelização e num encontro em Roma: um homem de Deus nos seus gestos, nas suas palavras, na sua vida. O seu olhar via-nos por dentro, purificava-nos, amava-nos muito.

D. Joan-Enric Vives Sicilia, Arcebispo de Urgell e co-Príncipe de Andorra
Era sempre uma alegria falar com ele e disfrutar da sua capacidade de discernimento nos problemase da sua agudeza nas observações.

María Voce, presidente do movimento dos Focolares.Maria Voce, Presidente do Movimento dos Focolares
Regressou à Casa do Pai, para junto dos seus predecessores S. Josemaria Escrivá e o Beato Álvaro del Portillo. Deixa um edificante exemplo de entrega a Deus e aos irmãos.