Dora

Nasceu em Boca de Huergaro (Espanha). Mudou-se para Roma para colaborar na administração doméstica do primeiro Centro do Opus Dei na capital italiana. O seu corpo repousa na Cripta da Igreja Prelatícia de Santa Maria da Paz.

Biografia

No passado 12 de Janeiro, D. Javier Echevarría, Prelado do Opus Dei, concelebrou na Basílica de Santo Eugénio as solenes exéquias por Dora del Hoyo, com a assistência de fiéis dos cinco continentes.

Dora del Hoyo nasceu em 1914 em Boca de Huergaro (Espanha). Conheceu o Opus Dei quando tinha 29 anos, em Madrid, na administração da Residência da Moncloa. Foi a primeira mulher que pediu a admissão no Opus Dei para se dedicar com o seu trabalho profissional a atender os trabalhos domésticos dos Centros do Opus Dei, a 18 de Março de 1946, em Bilbau, para onde se tinha mudado com o desejo de ajudar a pôr em marcha a Residência de Abando.

Por convite de São Josemaría, mudou-se para Roma a 27 de Dezembro de 1946, para colaborar na administração doméstica da sede da Prelatura e na formação das que deviam aprender a desenvolver com competência esses trabalhos. Desde então, Dora del Hoyo residiu estavelmente em Roma e proporcionou a São Josemaría uma preciosa ajuda, também noutros países, como Inglaterra, França e Irlanda.

Depois da ida para o céu de São Josemaría, continuou a formar, com a sua actividade profissional, mulheres mais jovens, provenientes de todo o mundo, continuando a ser um apoio para o primeiro sucessor do fundador do Opus Dei, D. Álvaro del Portillo.

Na Cripta

A competência e a abnegação que sempre mostrou no trabalho fizeram que seja conhecida em mais de cinquenta países, e seja muito apreciada pelos que têm devoção a São Josemaría. Por isso, o actual Prelado do Opus Dei, D. Javier Echevarría, dispôs que o seu corpo repousasse na Cripta da Igreja Prelatícia de Santa Maria da Paz, em Roma, próximo de São Josemaría e de D. Álvaro del Portillo.

Deste modo muitos dos que a conheceram, ou que admiraram a função que desempenhou no Opus Dei, poderão manifestar-lhe a homenagem do seu afecto e agradecimento.