Papa Francisco

Do Prelado

Carta do Prelado (agosto 2015)

Carta do Prelado (agosto 2015)

O Prelado lembra algumas das festas litúrgicas do mês de agosto e, aproveitando a oportunidade do Ano mariano pela família que se vive no Opus Dei, faz algumas considerações sobre o papel dos pais na educação afetiva dos filhos.

Iniciativas sociais

Beato Álvaro del Portillo

Livros electrónicos gratuitos

Textos sobre educação e família

Vídeo: "Uma oportunidade para ser felizes"

Neste documentário disponibilizam-se ensinamentos práticos de S. Josemaria e testemunhos de casais ingleses, escoceses e irlandeses que falam sobre os desafios da vida familiar. Vídeo legendado em português. Disponível para download em https://vimeo.com/122961545

"Familiaris consortio" disponível em livro eletrónico

"Familiaris consortio" disponível em livro eletrónico

Há 33 anos atrás, o Papa João Paulo II assinava a exortação apostólica "Familiaris consortio". Para celebrar mais um aniversário deste acontecimento, disponibilizamos gratuitamente, em livro eletrónico, um dos documentos mais importantes sobre a família.

Livro eletrónico sobre a educação dos filhos

Livro eletrónico sobre a educação dos filhos

Disponibilizamos um livro electrónico sobre a educação dos filhos que reúne 21 artigos publicados neste site relativamente a esta temática. O livro pode ser descarregado gratuitamente para tablets e smartphones. Existe também em versão PDF para pode ser impresso em papel.

Texto do dia

“Deus, que te criou sem ti, não te salvará sem ti”

Para que não o imites, copio de uma carta este exemplo de covardia: "Antes de mais, agradeço-lhe muito que se lembre de mim, porque necessito de muitas orações. Mas também lhe agradeço que, ao suplicar ao Senhor que me faça “apóstolo”, não se esforce em pedir-Lhe que me exija a entrega da liberdade". (Sulco, 11)

Precisamente por isso, percebo muito bem aquelas palavras do Bispo de Hipona (Santo Agostinho), que soam como um cântico maravilhoso à liberdade: Deus, que te criou sem ti, não te salvará sem ti, porque cada um de nós, tu, eu, temos sempre a possibilidade – a triste desventura – de nos levantarmos contra Deus, de rejeitá-lo – talvez só com a nossa conduta – ou de exclamar: não queremos que reine sobre nós . (...)

Queres pensar – pela minha parte também farei o meu exame – se manténs...

S. Josemaria Escrivá
“Ou sabemos encontrar Nosso Senhor na nossa vida corrente ou nunca O encontraremos”.